Programas de edição de áudio! Qual o melhor?

Os programas de edição de áudio são sistemas de extrema importância para qualquer profissional que esteja envolvido no mercado audiovisual. Desde youtubers a radialistas e donos de radiodifusora, a ferramenta é requisito básico para um bom trabalho.

Este artigo tem como objetivo principal ser um guia sobre esses sistemas. Descubra aqui quais os melhores programas disponíveis na internet para que você possa oferecer o melhor trabalho. Boa leitura!

Quais as principais funcionalidades?

Os programas de edição de áudio contemplam diversas funcionalidades, mas podemos destacar as básicas:

  • cortar, copiar e colar trechos de música ou arquivos de áudio;
  • mixar faixas;
  • remover ruídos e outros barulhos indesejados, aumentando a qualidade;
  • aplicar efeitos variados;
  • converter os arquivos para outros formatos de áudio.

A edição de áudio também permite que sejam feitas as adequações necessárias para que o conteúdo atinja o tempo de duração específico, ferramenta muito útil para vinhetas, programetes e anúncios publicitários.

Os estúdios virtuais têm outra importante arma para você se aventurar ainda mais no mercado da música. Alguns programas de edição de áudio disponibilizam sintetizadores virtuais para criar qualquer tipo de som com qualidade impecável e fidelidade quanto à real melodia daquele instrumento. Por exemplo, você pode fazer uma introdução em piano para um anunciante!

Mas, atenção: para usufruir de todas essas funcionalidades, é necessário que você dedique um tempo para ler tutoriais na internet, explorar esses softwares e assim extrair o que de melhor e mais inovador eles têm para oferecer.

Quais os principais softwares?

Nem todos aqueles que pretendem investir no mundo da música estão dispostos a gastar uma fortuna com equipamentos profissionais de edição. Se você se enquadra nessa questão temos uma boa notícia!

Existem diversas ferramentas na web que proporcionam a edição de som com a mesma qualidade dos aparelhos profissionais, a um custo baixíssimo ou inexistente. Confira agora a lista que preparamos para você. Leia com atenção e escolha a melhor alternativa!

1. Audacity

O Audacity pode ser considerado um clássico quando se trata de programas de edição de áudio. O sistema, capaz de rodar em Windows, Mac ou Linux, funciona de forma gratuita. Isso mesmo, você não precisa comprar a licença do programa.

A simplicidade na sua interface e na maneira de usar é um dos elementos responsáveis pela sua fama, porque quem está iniciando na arte de editar música consegue utilizar o programa sem precisar ser um expert no assunto. Ele permite:

  • importar áudios no formato MP3, WAV, AIFF, OGG;
  • fazer a captação desses áudios diretamente no programa;
  • copiar, cortar e colar trechos dos arquivos de áudio;
  • mixar faixas;
  • aplicar efeitos sonoros.

A qualidade do som também pode ser alterada com esse software, já que é possível remover ruídos e fazer melhorias bastante significativas. Embora não apresente tudo o que um programa tem a capacidade de oferecer, podemos considerar que o Audacity concede 80% das funcionalidades dos programas mais complexos e pagos.

2. Sound Forge

O Sound Forge é mais um produto da Sony, a gigante do segmento de entretenimento e telecomunicações. O programa disponibiliza um período de 30 dias para testes sem custo, sendo cobrado após o término do prazo.

Pode não ser considerado o mais popular dos softwares com o objetivo de editar arquivos de áudio, mas podemos dizer que é o mais poderoso deles por fazer um trabalho impecável na restauração e design do som.

O programa também importa e exporta áudios nos formatos MP3, MP4, OGG, FLAC, AIFF, WAV, WMV e M4R, e o seu controle preciso de edição faz com que possa ser usado por amadores ou famosos produtores musicais.

3. Cutmp3

O Cutmp3 é o programa ideal para aqueles que não gostam de encher a memória do computador com arquivos lentos e pesados, e que são adeptos das metodologias mais simples, que não exijam muito tempo de trabalho nem longos treinamentos para aprender como usar.

A interface desse software é tão simples quanto o seu funcionamento, que é bastante objetivo em sua proposta: cortar os trechos dos arquivos de áudio sem recursos adicionais. As edições são realizadas on-line e o serviço é gratuito.

O download vale a pena se você desejar apenas cortar os arquivos, uma vez que é um programa leve e simples. O novo trecho selecionado não perde a qualidade.

4. Garageband

Quando pensamos em comprar um novo smartphone ou notebook, os produtos da Apple logo vêm à mente. A marca divide opiniões, tem uma infinidade de adeptos, mas também uma boa quantidade de críticas e, mesmo assim, todos acabam pesquisando sobre o valor e as funcionalidades de seus aparelhos.

A Apple desenvolveu um aplicativo para aqueles que desejam fazer gravações de áudio amadoras, baratas e descomplicadas: o Garageband, que pode ser utilizado em um iPad ou no iPhone.

Além de criar arquivos de áudio para serem reproduzidos via rádio e podcast, as suas ferramentas, que imitam instrumentos musicais, podem colaborar até mesmo no aprendizado de dispositivos como guitarra e piano!

O microfone permite a gravação de áudios variados e sons de instrumentos como o da guitarra elétrica. O aplicativo também reproduz e grava instrumentos em sistemas integrados, cria arranjos musicais, edita as gravações, adiciona efeitos e compartilha seus projetos com outras plataformas Apple.

5. Adobe Audition

O Adobe Audition é mais um dos programas de edição de áudio considerado poderosíssimo quanto ao que propõe. E, se você acha o nome Adobe familiar, saiba que estamos realmente falando da empresa que produz o superútil PDF e o famosíssimo Photoshop.

Claro, se os documentos e recursos visuais são manipulados com louvor, os arquivos de som não ficariam de fora. O programa permite que o usuário crie suas próprias músicas, mixe, grave e edite áudios. Consegue, também, apagar o áudio de um vídeo e até mesmo criar sons para serem usados em videogames e aplicativos!

O usuário, ao colar ou digitar um texto, gera uma narração ou faixa narrada hiper-realista, e o recurso é indicado para criar vozes de jogos, vídeos e produções sonoras. Ou seja: você pode usar livremente nos seus comerciais.

6. Sony Vegas

Outro produto da Sony na nossa lista, o Sony Vegas pode ser encontrado como editor de vídeo, mas suas ferramentas para edição de sons são bastante úteis. Isso ocorre porque, na origem, o software era destinado à edição e ao processamento de áudio. Só posteriormente foi transformado em seu formato atual.

É claro que o programa mantém suas características originais, e com ele é possível extrair o áudio de um vídeo, mixar, cortar os arquivos, gravar uma locução, aumentar o volume do som e a qualidade das músicas que você pretende divulgar na sua emissora.

7. Power Sound Editor

O Power Sound Editor é mais um dos programas de edição de áudio que apresenta uma lista de ferramentas integradas bastante satisfatória para gravar músicas, narrações e outros tipos de áudio, editar esses arquivos, misturar com outros sons, adicionar efeitos e até mesmo enviar esses documentos via e-mail.

A interface do software é bem organizada, uma vez que as funções são todas separadas a partir do seu objetivo.

O Power Sound Editor também conta com um suporte para conversão dos arquivos em formatos mais populares e ferramentas para a redução de ruídos e outras interferências. Além disso, o programa pode ser usado para a edição de vídeos.

8. Nuendo 8

O Nuendo 8 atende a todas as necessidades de produção, edição e captação de áudio, permitindo o trabalho em arquivos mais extensos e complexos, como a criação de uma trilha sonora ou de um podcast.

Uma das ferramentas disponíveis para facilitar a vida dos editores de áudio é uma espécie de histórico que salva os efeitos mais utilizados durante o trabalho, otimizando o tempo e facilitando as futuras edições.

O visual é moderno e simples, o que permite gravar diversas faixas em um só projeto, acrescentar efeitos para cada uma dessas faixas e alterar individualmente o tom desses áudios. Conta, ainda, com sons de diversos equipamentos musicais.

 

E ai o que achou da nossa lista? Você usa algum outro software que não foi citado aqui? Qual deles você usa? Estamos curiosos conta ai pra gente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas